17 de set de 2016

Reprise Literária #9 Resenha - O quarto do sonho

Olá meus leitores favoritos, tudo bem?
Depois de bastante tempo que li esse livro, enfim tive um tempinho de trazer a resenha aqui para vocês, vamos conferir?
                             
 Sinopse:                                                                                        Gabe é um estudante de psicologia que levava uma vida acomodada e sem grandes expectativas, principalmente no campo sentimental, e que, após ser confrontado pela irmã, permitiu entregar-se a uma viagem onde pôde vivenciar aventuras, situações inusitadas dentro do consultório e na vida pessoal. O livro retrata sua relação com a primeira namorada, experiências em um relacionamento com uma mulher que é completamente o oposto dele e que propiciou a realização de fantasias e, assim, a descoberta de um homem mais intenso e liberto. O quarto do sonho é um livro com linguagem de fácil entendimento, recheado de cenas calientes e detalhadamente explícitas... Permita-se experimentar esse sonho e desvendar os seus desejos reais!!!




Leitora voraz, a escritora Renata Dias, nascida em Salvador em 20 de maio de 1978, é autora da obra: O quarto do sonho, o primeiro livro de uma série que retrata a vida de Gabe, um jovem estudante de psicologia especializado em psicanalise que sempre levou uma vida acomodada e sem muitas expectativas a não ser no trabalho que se dedicava único e exclusivamente deixando as outras coisas de lado, principalmente quanto tratava-se do campo sentimental.

Apesar de ser bastante novo, Gabe transparecia ser mais velho por estar sempre com uma expressão séria e compenetrada. Isso se dava por ser tão focado em sua profissão.

Sua vida sempre fora previsível e calculada nos mínimos detalhes, até uma bela noite quando sua irmã resolveu "atirar" algumas verdades em sua cara. Depois do confronto Gabe resolve viajar para Los Angeles onde pretende fazer sua pós. E o que ele não imaginava e que essa viagem mudaria todo o curso de sua história.

Depois de conhecer Claire (atriz e estudante de teatro) o contrário dele, Claire levava uma vida sem muitas regras e nada de previsibilidade. Gabe a conheceu por meio de um anúncio para dividir um apartamento. Até então você pode pensar que eles vão se conhecer e se apaixonar e pronto. Aquela monotonia dos romances Clichês. (Confesso que também pensei isso. Apesar de ter certeza que o livro de alguma forma iria me surpreender, só pelo título).

Realmente eles se apaixonam, porém se tem uma coisa que esse romance não tem é monotonia. Apesar de morarem no mesmo apartamento seus horários não coincidem muito e os seus encontros, digamos que sempre terminam bem calientes, mas é bem detalhadamente "quente" sem se tornar vulgar e esse meio termo torna a leitura melhor ainda, te deixando preso a história de uma forma que você fica ansiosa(o) por saber o que irá acontecer a cada capítulo.

Fantasias, devaneios, paixão... Não faziam o estilo de Gabe, porém sua boneca (Claire) lhe mostrou um mundo diferente onde o amor tem que ser vívido da forma que lhe complete sem regras, pudores ou medo. 

Sonhos que se tornam realidade. Realidade que mais parece um sonho, um completando o outro. Experimentando sensações outrora inconcebíveis a sua moral. Vale tudo no amor? Mesmo sem saber o que irá acontecer amanhã? Entre quatro paredes tudo pode acontecer e no quarto do sonho acontece, e como acontece. Na piscina, academia, consultório bem não vou detalhar muito pois a autora já faz isso muito mais muito bem mesmo.

Ahh e só pra te torturar ainda mais nesse mesmo livro a autora já nos deixa com um gostinho de quero mais por conta que ela dá início ao segundo livro, O quarto do conto que parece ser tão magnifico quanto o primeiro.

E aí meus amores, o que acharam? Não deixe de dar sua opinião antes de sair :)





7 comentários:

  1. Vou confessar que li essa resenha apenas por cima. Essa letra pequena demais doeu os meus olhos e como não me interessei muito pela capa, título, ou sinopse, não achei que valesse realmente a minha atenção. A resenha está muito boa apesar disso, gostei de saber um pouco da sua opinião, mas esse livro vai ficar pra próxima.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. É, até que parece interessante. Não gosto muito de ler esses tipos de livro hot mais, só que esse tem mais cara de romance que só sexo e sexo e vulgaridade. É bem equilibrado, acho. E a escrita está parecendo boa, se for do tipo que deixa viciado pra saber mais. Talvez gostasse dessa leitura.

    ResponderExcluir
  3. Oi.
    Eu gostei da resenha, mas infelizmente achei o livro muito clichê, e acho que não funcionaria para mim não, a fato que o mocinho é muito profissional e está sempre sério é bem previsível, então no momento essa não é uma leitura para mim.
    Boa tarde.

    ResponderExcluir
  4. Lucas!
    Já gostei de saber que é um romance e daqueles bem hot, adoro!
    Porém o que mais me interessou e me deixou curiosa foi em saber que é o contrário dos romances que costumo ler, pois aqui o homem é quem vai aprender a amar de todas as formas e não a mulher, deve ser bem instigante.
    “A vida guarda a sabedoria do equilíbrio e nada acontece sem uma razão justa.” (Zíbia Gasparetto)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de SETEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. Entendi que é um livro erótico mas que ao contrário da maioria nos prende por ter coisas diferentes das demais. Mas não entendi se a parte de ele ser psicanalista vai ter alguma outra coisa que mostre o diferencial da história. Achei a capa bem legal, e pensei que pelo título era um quarto onde os sonhos da análise iriam ser desvendados e concluídos em um romance e sexo! hihihih #soulouca!

    ResponderExcluir
  6. Não sou muito fã desse tipo de livros porque sempre me parecem apelativos e... iguais uns aos outros. Ainda mais quando a "modinha" agora são eles. Sou meio receosa com o gênero. E, infelizmente, "O quarto do sonho" não me pareceu diferente dos demais. Por mais que tenha a "surpresa" dos encontros, ainda me pareceu muito com muita coisa que a gente lê por aí.

    ResponderExcluir
  7. Não gosto muito de romances, principalmente os desse tipo. "O Quarto do Sonho" não me interessou nem um pouco por causa disso, mesmo essa história não tendo monotonia.

    ResponderExcluir