11 de jul de 2015

Resenha- Os 13 Porquês

Olá pessoas que gostam de Ler! Tudo bem? Fiquei uma semana ausente devido á escola (que tá uma correria só!). Mas voltei hoje com a resenha de um livro, que me falaram tão bem, mas tão bem que como não encontrei nas livrarias, não resisti e baixei em PDF para celular. Não sou muito fã dessa forma de leitura, mas a curiosidade falou mais alto rsrs! Bem, o livro de que estou falando é Os 13 Porquês. E okay, eu realmente não achei “TUDOOO ISSOOO” que estavam falando não! Leiam a resenha e entendam porquê ... Vamos lá?


 Sinopse: Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra na porta de casa um misterioso pacote com seu nome. Dentro, ele descobre várias fitas cassetes. O garoto ouve as gravações e se dá conta de que elas foram feitas por Hannah Baker - uma colega de classe e antiga paquera -, que cometeu suicídio duas semanas atrás. Nas fitas, Hannah explica que existem treze motivos que a levaram à decisão de se matar. Clay é um desses motivos. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.







Os 13 porquês conta a história de uma garota, Hannah Barker, que por diversos motivos, ou melhor, 13 motivos elencados por ela, a fez cometer suicídio. Assim, ao decidir tirar a própria vida, grava 7 fitas cassete contando o porquê havia tomado tal decisão e antes de cometer o ato em si coloca as fitas dentro de uma caixa de sapato e as envia pelo correio.
Clay Jensen há algumas semanas havia recebido a noticia de que Hannah, seu primeiro amor e colega de classe havia cometido suicídio e o fato o perturbava, pois até o momento não conseguia entender o porquê Hannah havia tomado tal decisão.
Um dia ao voltar para casa após a aula, encontrou uma caixa endereçada a ele sem remetente e quando a abriu encontrou 7 fitas cassete. Para sua surpresa ao escutar a primeira fita se depara com a voz inconfundível de Hannah informando que se ele está na posse de tais fitas é porque ele foi um dos motivos que a levaram a cometer suicídio.
Intrigado, Clay não consegue entender como ele poderia ser um dos motivos do suicídio de Hannah, já que nunca havia feito nada para machucá-la ou magoá-la, mas a fita é bem clara; se você recebeu está caixa é responsável por um dos motivos que me fizeram cometer suicídio e, portanto deverá escutar as fitas e após encontrar o motivo relacionado a você deverá enviar a caixa com as fitas ao próximo nome da história seguinte, caso contrário acontecerá um escândalo e todos ficaram sabendos dos segredos contidos ali.
Assim, ao escutar cada fita Clay passa a entender e a descobrir os motivos que justificaram o ato cometido por Hannah. Ele que sempre se frustrou por não ter se aproximado o suficiente para conhecê-la melhor, agora tem a oportunidade de saber seus segredos mais íntimos.
Hannah conta tudo o que passou as desilusões, decepções, constrangimentos, magoas e sofrimento que acabaram fazendo com que ela cada vez mais se transformasse em uma garota depressiva e aos poucos começasse a ficar obcecada pela ideia de morte.
A história do livro é basicamente isso, claro que a cada fita surge um novo personagem com uma nova história, ou seja, um motivo que justificou na visão de Hannah a decisão de tirar sua própria vida.
É um livro bem escrito e de leitura fácil. Eu achei bem interessante a ideia do livro, de contar a história de uma pessoa que se suicidou e deixou gravada em fitas os motivos pelo qual ela fez isso e tal... O que não me agradou foram os personagens e os motivos pelo qual a Hannah se matou.
Clay, é um garoto normal. Não tem algo nele que eu possa dizer “ISSO É TÃO CLAY!!” e Hannah na minha opinião é apenas uma garota dramática e de cabeça fraca que se mata por motivos tão... “banais”. Todo mundo passa por momentos difíceis, e na adolescência tudo parece pior, o problema é que tudo nessa vida passa e só descobrimos isso depois de deixar tudo passar. O que não foi o caso de Hannah. Ela não deu muita chance a si mesma, desistiu de tudo rápido demais.
Os motivos do suicídio são fracos demais! Toda garota já foi alvo de listas, fofocas e trairagens como Hannah foi. A cada fita eu ficava com mais ódio dela! O acontecimento mais chocante que ocorreu no livro nem mesmo foi com ela, foi com outra menina, ela apenas presenciou! E o que é pior: depois de toda aquela historia de “Ah,  ninguém me ajuda”,ela faz o mesmo. Ok Hannah! Não podemos cobrar dos outros uma coisa que não faríamos!
Enfim, o livro não me fez sentir pena de Hannah, só me fez pensar o quanto Hannah era cabeça fraca e como eu desenterraria seu corpo só para fazê-la engolir as fitas. Um pouco revoltada? Talvez! Hahaha!
Espero que tenham gostado. Beijos e até a próxima ^^

12 comentários:

  1. Estou doida para ler os 13 porquês! Todo mundo fala super bem dele, e fiquei curiosa devido á resenha! ❤️ Muito boa

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha!
    Bom já li Os 13 Porquês, falavam tão positivamente dele que eu resolvi ler, e adorei demais o livro, a história super interessantes e umas frases espetaculares se tornou um dos meus livros preferidos, apesar de eu também ter achado os motivos do suicídio meio fracos, pois os acontecimentos não eram tão graves a ponto de ela fazer aquilo, mas vai entender, achei criativa a ideia do autor, e adorei demais o livro.

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha e fiquei com muita vontade ler,porém na maioria das vezes não gosto muito desse tipo de livro que tenta explicar o suicídio das pessoas. :/

    ResponderExcluir
  4. Nossa, não acredito! Sou louca pra ler esse livro, mas ando meio sem money para novas aquisições. E, até ler sua resenha, nunca tinha me ocorrido baixar o PDF porque não sou fã de ler dessa forma. Mas acho que vou arriscar, pois a curiosidade aumenta a cada resenha que leio.

    Gostei muito do blog. Parabéns!

    Até o próximo post
    Blog da Also

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Sou louco para ler esse livro, mas as resenhas que leio dele estão me desanimando um pouco. Mas vou arriscas, quem sabe eu não curto? haha'
    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Haha a melhor parte foi perceber sua revolta... estou rindo até agora. Vi várias pessoas comentando sobre este livro, mas dessa maneira, você foi a primeira. Percebi que é aquele tipo de livro que você lê bem rápido, depois se arrepende por que já acabou e não concorda com o final. Parabéns pela resenha. Beijos, Érika

    *www.queroseralice.com.br*

    ResponderExcluir
  7. Oie! Eu comecei o livro, mas assim como você peguei raiva dela, motivos fúteis não levam ao suicídio, adolescentes tem que entender que isso passa, é só uma fase. Nada tão absurdo pra se matar, e concordo em fazer ela engolir as fitas. Bem eu abandonei o livro antes do final, mas não vou pegar novamente já que não me conquistou.
    Adorei a tua resenha, foi bem espontânea o que gosto bastante.
    http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
    Xoxo

    ResponderExcluir
  8. Nossaaa, fiquei curiosa e com vontade de ler, pra gostar ou pra me revoltar um pouco com a história também rsrs...
    Parabéns, boa resenha!!!

    ResponderExcluir
  9. Oie, tudo bom?
    Nossa, acho que nunca tinha lido uma resenha desse livro, mas gostei muito da premissa dessa história. Você chamou a Hannah de cabeça fraca, mas acredito que todas as pessoas que cometem suicídio são assim. Ultimamente tem sido lançados muitos livros com personagens que cometem esses atos.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ooi,
    Já li esse livro, e concordo em partes com você, Hannah e bem chatinha e tals, mas senti pena dela em alguns fatos, mas nada justificou ela se suicidar :p
    Enfim, gostei da resenha ^^
    Beijos
    Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  11. Oi Bia..
    Estou com este livro em casa e pretendo ler em breve.
    Espero gostar e tentar entender algumas coisas. Uma pena que a personagem parece não ter te agradado e te convencido. Bom, vou ler e ver o que acho.
    Mas adorei saber sua opinião.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi. Já tinha ouvido falar do livro, e muito bem. Gosto bastante de livros que abordem temas do tipo, que ocorrem hoje em dia com os adolescente. Se a história é assim, tenho certeza de que vou achar a mesma coisa que você, mas mesmo assim vou querer ler. Bjus.

    ResponderExcluir