19 de set de 2017

Resenha: Amor Impossível, Possível amor

Olá! estava morrendo de saudades de ostar aqui no blog. E para essa minha volta preparei a resenha de um romance bem leve daqueles para ler em um dia. 


Sinopse: Fernanda tinha certeza que morreria de dor depois que seu namorado secreto se mudou para o interior. Restaram pequenas lembranças e dispersas impressões. Ao tentar decifrar um enigma matemático - "Tenho o dobro da idade que tu tinhas quando eu tinha a idade que tu tens. Quando tu tiveres a minha idade, ambos teremos noventa anos. Que idade eu tinha quando tu nasceste?" -, Fernanda estava, sem saber, mudando o rumo de sua vida. O que são as diferenças numéricas diante da intensidade dos sentimentos?
(Fonte: Skoob)

“Idades muito distantes, não é? Mas um amor tão próximo, tão intenso, tão imenso amor…”
        
            Esse é um dos meus romances favoritos, pois ele é sincero, um pouco infantil, mas sem ser bobo. Em apenas 120 páginas Pedro Bandeira e Caio Queiroz conseguiram sintetizar um lindo amor entre uma menina de 14 anos que acaba de passar pela sua primeira “perda amorosa” e com professor de 28 anos com alguma experiência no assunto.
            Eu li o livro em um dia, a leitura é super gostosa e simples tanto que eu nem vi o tempo passar. O que contribuiu muito para essa leitura se tornar minha favorita são os personagens, que em algumas partes eu via uma fragilidade no Bruno que o fazia ficar com 14 anos e em Fernanda uma força e cumplicidade que a deixava mais velha a tão ponto de o fato de eles terem uma grande diferença de idade ser esquecido por completo tanto pelo leitor quando pelos personagens do livro.
            Quando eu fui ler o que as pessoas falavam sobre esse livro em blogs e outros sites eu fiquei um pouco chateada, pois algumas pessoas só viam pedofilia, a única coisa que elas absorveram do livro foi à pedofilia, isso me irritou um pouco, já que a única coisa que eu não vi na história inteira foi pedofilia, acho que elas leram o livro errado, de forma superficial e tiram conclusões erronias sobre o assunto, mas depois de uns dias que pensei no assunto novamente conclui que o vivemos em um mundo movido com base em interesses em que um amor entre um homem e uma mulher com uma considerável diferença de idade é visto como uma relação de interesse se alguma das partes tiver dinheiro. Caso algumas das partes seja menor de idade ai é tido como pedofilia. Quem decide se é pedofilia ou não? Conheço várias garotas que ainda quando menores de idade casaram-se com homens mais velhos e ninguém falou que era pedofilia. Isso ainda me incomoda, uma linda história foi arruinada.

“Nossa língua é maravilhosa, Fernanda. Para conhecê-la bem, é preciso que você a veja viva, apaixonada, sangrando nos textos fantásticos de nossos poetas e romancistas. Nas emoções desses textos, você compreenderá muito melhor o funcionamento do seu próprio idioma do que decorando terminologias gramaticais. ”




13 comentários:

  1. Nossa! Prece ser um livro bem tocante! É claro que é gritante essa distancia de idade entre eles. Não sei se conseguira ler e não pensar em pedofilia também. Porém é claro que o livro deve falar mais do que isso.
    Beijosss.

    ResponderExcluir
  2. Juro pra você que eu tentei resolver o engima matemático, mas desisti porque exatas realmente não é o meu forte hahaha. Me interessei bastante pelo livro pela discussão que ele acaba abordando: pedofilia ou amor? Eu já tive algumas discussões (do bem) acerca do assunto com algumas pessoas, e pelo que vi é realmente muito difícil para as pessoas enxergarem amor nessas situações.

    ResponderExcluir
  3. Juro pra você que eu tentei resolver o engima matemático, mas desisti porque exatas realmente não é o meu forte hahaha. Me interessei bastante pelo livro pela discussão que ele acaba abordando: pedofilia ou amor? Eu já tive algumas discussões (do bem) acerca do assunto com algumas pessoas, e pelo que vi é realmente muito difícil para as pessoas enxergarem amor nessas situações.

    ResponderExcluir
  4. Para ler esse tipo de historia a pessoa tem que ser desprovida de preconceitos, pois uma historia com pessoas mais velhas se envolvendo com menores vai gerar um certo desconforto e o enigma matemático to fora não sou de exatas.... bjos

    Glaucia Braga

    ResponderExcluir
  5. Oi, Joyce!!
    O livro é bem interessante e acho estranho as pessoas classificaram essa estória com pedofilia sendo que já li vários livros com essa temática de romance entre pessoas com grande diferença de idade.
    Bjoss

    ResponderExcluir
  6. Fiquei curiosa para ler o livro, não que eu goste de romance, mas fiquei tentada a saber como o autor desenvolveu um romance com uma diferença de idade tão grande. Nunca li um livro neste estilo, por isso fiquei instigada a conferir esta obra.

    Logico que imagino que o livro passa muito mais do que pedofilia, já que você ressaltou bastante esta parte na resenha.

    ResponderExcluir
  7. Depois que uma amiga de 15 anos começou a namorar um homem de 32 e depois de 4 anos continuam juntos, não julgo mais nenhum casal baseado na diferença de idade, fiquei curiosa para ler esse livro por nunca ter lido nada parecido e também por ser do Pedro Bandeira, que é um autor que eu adoro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oi.
    Esse é um assunto delicado de comentar, eu porém não tenho uma opinião formada sobre o assunto, por isso vou me abster de comentar se é ou não pedofilia.
    Achei a premissa fofa, a capa bonita, porém não sei se leria.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Eita! Que assunto delicado tem esse livro. Bom, na minha opinião, já li vários livros uma diferenças grande de idade e não classifiquei como pedofilia, acho que vai de cada um. Mas me interessei muito por este livro e anotei na minha listinha.
    Ótima resenha, beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oi! Não costumo ler livros do gênero, mas fiquei curiosa para ler para tirar minhas próprias conclusões se é ou não pedofilia. E que enigma matemático mais complicado hein? hahahah Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oii ;)
    Sei que os livros do Pedro Bandeira são bons, e sempre quis ler, mas não conhecia Amor Impossível Possível Amor ainda!
    Adoro romances com essa narrativa infantil, e que bom saber que não é um livro bobinho. Enfim, adorei sua dica, obrigada ;)
    Bjos

    ResponderExcluir
  12. Oie
    Eu não tinha visto falar desse livro ainda. A temática é bem polêmica, mas acho que foi o propósito do autor. O amor está em vários lugares, relações. É difícil pra gente entender muitas coisas. Mas é a vida.
    Gostei de ser um romance fofo e nada bobo.
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Bom, eu não conhecia essa obra, mas gostei de ver os pontos positivos sobre o livro. Realmente as pessoas ver essa parte do amor onde ambos têm quer ser na mesma idade, se caso for velho é uma garota nova, sempre pensa que é interesse, bom a sociedade é assim, praticamente. Eu gostei e espero ler esse livro para saber o que acho né.

    ResponderExcluir