14 de jan de 2017

Resenha: Orphan Black

Atendendo a pedidos nós do Blog dos Jovens Leitores decidimos testar e fazer resenhas de séries e a primeira será Orphan Black que no inicio em 2013 era produzida pela BBC, mas agora é uma produção original Netflix.






Sinopse: Depois de presenciar o suicídio de uma mulher - que é exatamente como ela - em uma estação de trem, Sarah Manning - Tatiana Maslany - faz o que qualquer um faria: assume a identidade da suicida para tentar resolver os próprios problemas financeiros. Mas logo ela descobre que está no centro de um mistério que vai mudar sua vida, quando se vê cara a cara com mais três mulheres idênticas a ela. Todas são clones, e precisam salvar as próprias peles enquanto tentam descobrir quem são os responsáveis pelos experimentos genéticos.

             Quando comecei essa série foi só para passar o tempo até outra que acompanho ser postada, e logo no primeiro episódio eu fui fisgada e não parei mais. Apesar de ser de ficção científica não é aquela chata toda clichêzinha que sempre vemos por ai, essa é totalmente diferente e te faz querer saber muito mais sobre tudo o que acontece em cena.
Geralmente quando assisto algo de ficção cientifica fico meio perdida por acontecer muita coisa ao mesmo tempo, mas essa série acontece e eu fico super ligada em tudo e acho inacreditável o modo como as coisas acontecem na trama que é aquele tipo que não da para deduzir o que irá acontecer a seguir.
Outra coisa que faz com que ela seja incrível é a atuação da atriz Tatiana Maslany que consegue interpretar varias personagens sem deixar que elas se misturem ou se percam, cada uma tem uma personalidade diferente, trejeitos, postura, modo de andar e tudo muda de uma personagem para outra.
Agora falando em assuntos da atualidade que estão presentes na série o tempo todo, primeiro tem o feminismo que basicamente é o que move as personagens, elas o tempo todo demonstram como são capazes de fazer qualquer coisa sem a ajuda de terceiros ou até mesmo do sexo oposto e são do tipo que mata a cobra e mostra o pau, nada de personagens “mocinhas doces e indefesas que precisam de um homem destemido”. Outra característica é a liberdade com a sexualidade, com personagens lgbt com grandes influências na trama. Uma coisa que não vemos na mídia com tanta frequência, mas esta sempre em questão é a ética profissional e de clonagem já que esse tema foi tão discutido e repercutido na mídia alguns anos atrás e toda a influência que ela tem nos clones e nas pessoas que estão ao seu redor.
Então aproveite o final de semana para maratona essa série incrível e depois voltem aqui para me contar o que acharam ou se você já assiste vem conversar comigo sobre ela. :D







19 comentários:

  1. Oi Joyce, sabe que sou totalmente indiferente à séries? Não tenho muito tempo, estou sempre estudando. Então não começo nenhuma pra não ficar viciada ne? Kkkkk
    Essa eu achei bem legal, intrigante. A sinopse é bem chamativa, faz sim ter vontade de assistir.

    ResponderExcluir
  2. Joyce,eu sou apaixonada por séries,mas depois que entrei na faculdade não tive tempo de acompanhar mais nenhuma...Quando eu estava no Ensino Médio,eu era apaixonada pela série CSI que passava na Record kkkk Eu fico doida p/ voltar a assistir séries,ainda mais que todo mundo vive falando dessa Netflix que nunca vi kkkk

    Mass enfim,nunca tinha ouvido falar dessa série,e achei mega interessante e diferente esse enredo,de uma personagem ter vários clones de si,e também fico com um pé atrás com ficção científica,mas bom saber que ela não é paradona,esquisita e confusa kkk
    Nossa,mas agora fiquei megaaa passada que essa atriz protagonista interpreta bem dizer 4 personagens diferentes :o Meu Deus,eu acho que os atores que interpretam gêmeos já são ninjas por conseguirem,imagine essa daí kkkk Palmas e mais palmas!!

    Adorei a dica,espero que quando eu terminar meu tcc eu tenha mais tempo de voltar p/ esse mundo de séries.
    Bjss

    ResponderExcluir
  3. Joyce!
    Infelizmente não tenho assinatura no Netflix, mas anotei aqui, porque quando assinar essa será uma das primeiras séries que irei assistir.
    Gosto demais de ficção e como falou, essa parece bem diferente com clones surgindo a todo momento. quero descobrir tudo que está por trás dos acontecimentos.
    Obrigada pela dica!
    Amo séries, acompanho várias no canal fechado.
    Bom final de semana!
    “Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.” (Cora Coralina)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Desse jeito vida social é só um sonho distante kkk é tanta série que recomendam e entra pra lista que não tem jeito de assistir todas nessa vida. Isso sem contar os filmes... Amei demais a indicação

    ResponderExcluir
  5. Eu não sou muito fã de séries de ficção científica.
    Já me falaram um bucado pra assistir a série mas eu ainda não dei uma oportunidade mas também porque tenho assistido muitas séries já. Mas ela fica na lista pra ver depois e quem sabe acontece comigo também de quando ver não querer parar mais kkk

    ResponderExcluir
  6. Oi Joyce! Eu já tinha visto algumas coisas sobre a série por aí, mas nunca tinha lido uma resenha que me deixasse tão instigada! Adorei saber que é uma série de ficção científica (um tema que curto muito) e adorei principalmente o fato das personagens serem mulheres tão empoderada! Parece que a Netflix está trazendo cada vez mais personagens femininas com essa característica em suas produções. Eu tenho dezenas de séries atrasadas na minha grade, mas acho que quando tiver um tempinho irei adicionar Orphan Black também. Afinal, quem precisa de vida social, não é mesmo?!

    ResponderExcluir
  7. Que demais deve ser essa série!! Tenho que começar a assistir séries novamente, ultimamente só estou assistindo GOT, ando um pouco sem tempo. Mas já vou colocar essa série na lista!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Joyce, já tinha ouvido falar bem da série e da atuação da Tatiana e pensando agora nem sei por que ainda não comecei a assistir rsr. Gosto de séries com personagens femininas fortes e vou ver se encaixo ela entre as séries que já acompanho. Começou bem com as indicações de série ;)

    ResponderExcluir
  9. Tem um tempo que tenho só assistido as mesma série, e por isso nunca tinha ouvido falar dessa série, mas lendo sobre fiquei bastante interessada em assistir. Já vou inclui-la na lista, e vou dar uma chance acho que vou gostar e muito,.

    ResponderExcluir
  10. Olá, Orphan Black está na minha lista de séries preferidas pois como citado acima ela aborda temas diversos e relevantes na sociedade que são considerados tabus, fora a atuação espetacular de Tatiana Maslany que impressiona qualquer um. Só fico triste pois a quinta temporada será a última. Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Eu comecei a assistir Orphan Black ontem a verdade é que não estou conseguindo parar. Graças ao bendito NetFlix é um episódio atrás do outro. Consegui ver 5 hoje e já percebi que é empolgante e cheia de mistérios. Tatiana Maslany é uma ótima atriz e está arrasando mesmo em atuação!

    ResponderExcluir
  12. Oi, Joyce!!
    Adorei a indicação da série!! Ainda não assisti nada de Orphan Black, mas gostei bastante!! No momento estou assistindo a o finalzinho da sétima temporada de Dexter e depois começo a assistir outras séries!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  13. Olá! Parabéns pela resenha, uma ótima indicação de série (que pretendo assistir em breve) e também ressalto que achei muito interessante a iniciativa do blog de fazer resenha de séries também... Estarei aguardando pelos próximos posts!

    ResponderExcluir
  14. Orphan Black 💙💙💙💙 meu Deus, eu amo. Faz resenha de 3% e Stranger Things por favor!!!

    ResponderExcluir
  15. Orphan Black era uma série que eu não dava atenção na Netflix, mas agora me fez querer assistir, não sei como encaixarei na minha lista quase sem fim de séries para assistir durante o ano, mas prometo que tentarei!!!
    Faz de how to get away with a murderer, Sense8 e Stranger Things :)

    ResponderExcluir
  16. Olá...
    Adorei a ideia de vocês darem dicas de séries por aqui... Ainda não assisti Orphan Black, mas adorei a indicação e com certeza vou assistir...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  17. Só conheço essa série por ela ser muito popular, sua resenha é a primeira que leio. Gostei dos temas abordados, por apresentar diferentes tipos de relacionamento. Estou com muitas séries atrasadas, mas um dia quero sim conferir essa.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  18. Não o sou viciada em séries, mas estou sempre acompanhando algumas. Ainda não assisti essa, e gostei muito da indicação.

    ResponderExcluir
  19. Oi!
    Via tantas pessoas falando sobre Orphan Black que finalmente fui assistir e vi a primeira temporada de uma vez de tanto que a serie me conquistou, a atuação da Tatiana Maslany está muito boa, tanto que mesmo as personagens tendo a mesma cara, consegui distinguir uma da outro muito bem, tenho que terminar de assistir mas a historia da serie é muito legal !!

    ResponderExcluir