17 de jun de 2017

Resenha: O Ar que ele Respira

Olá leitores!
Hoje é dia de Resenha!!! 
E essa resenha é especial, pois foi escrito por uma das minhas autoras favoritas da vida!


Titulo Original: The Air he Breathes
Autora: Brittainy C. Cherry
Nacionalidade: Americano
Páginas: 306
Ano de Lançamento: 2016
Coleção: Elementos #1
Editora: Galera Record
Nota: 4/5
Sinopse:
Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim. (Skoob)
Minha Opinião:
Pelo tanto que eu falo de Sr. Daniels aqui no blog, não deve ser de assustar que assim que consegui tempo, eu li outro livro da mesma autora, desta vez o primeiro de um serie, onde cada livro vai contar a história de um casal diferente. 

Neste livro temos a Eilzabeth e o Tristian, duas pessoas que sofreram grandes perdas nas suas vidas e por isso eles acabaram se tornando frios e muitas vezes insensiveis especialemnte quanto a relacionamentos. O Tristian é um pouco mais frio que a Elizabeth, por causa da sua maneira de ser (meio grosso, mas carinhoso e sensivel por baixo de tudo). 


Tinha dias que eu estava bem. E muitos dias em que eu sentia a dor escondida dentro de mim, sem se manifestar. E havia dias de grandes recordações. (Tristian, pág. 119)
Uma coisa que eu adorei no livro foi que cita muitos livros tantos livros infantis quanto livros adultos que aliais são bem conhecidos como: Harry Potter (que Tristian nunca leu), Cinquenta tons de Cinzas, As Crônicas de Narnia, entre outras. A autora citou livros em Sr.Daniels também, então isso não foi novidade, mas eu precisava falar isso rsrsrs.

Eu achei o livro maravilhoso, tem momentos tristes, engraçados, divertidos e profundos. Os personagens são reais e cheios de problemas que encontram um no outro um ponto forte para seguir com a vida. O relacionamento de Tristian e Elizabeth é lindo, por mais que eu tenha leves problemas com ele. 


Sem pensar, Tristian envolveu minha cintura e pressionou seus lábios contra os meus. A confusão que tomou conta da minha mente começou a desaparecer quando senti a língua dele entrando em minha boca, e retribuí o beijo, até com mais vontade que ele. (Elizabeth, pág. 78)

O jeito que eles lutam pelo relacionamento e cometem erros fez tudo parecer tão real, são erros que eu cometeria no meu relacionamento. O jeito que começou me incomodou um pouco, pois foi muito diferente do jeito que eu esperava, mas no fim foi tudo lindo e maravilhoso. Também vale ressaltar que esse livro tem cenas de sexo mais explicitas que Sr. Daniels, então recomendo a leitura para pessoas acima de 16 anos.

Tenho que falar da criança do livro a linda Emma. Ela é o motivo do nosso casal ficar juntos. Ela é fofa e um dos meus pontos preferidos do livro e todo momento que ela aparecia eu entrava em modo fofura total!


Quando abri os olhos, ainda estava escuro lá fora. Um linda garotinha estava deitada ao meu lado com Bubba. Um pedacinho pequeno de seu cobertor a cobria, enquanto a maior parte estava sobre mim. [...] Ela precisava de mim. Eu me aconcheguei ao seu lado, beijei sua testa e prometi a mim mesma não desabaria novamente. (Elizabeth, pág. 36)
Agora para a parte que eu não gostei tanto...

O plot twist (bem, um deles). 

Eu já desconfiava que esse era a grande revelação desde a página 20. Estava muito na cara que era isso que o grande problema que iria separar nosso casal lindo, afinal não podia ser outra coisa. Eu tenho que admitir que fiquei um pouco chateada com a reação do Tristian, afinal aquilo também envolvia a Elizabeth e ela não foi tão fria. Também teve todo o começo do relacionamento físico deles, que eu não achei que foi bem feito, foi muito físico e nada romântico, bem diferente de Sr. Daniels.

No geral eu achei esse livro maravilhoso e tocou meu coração de várias maneiras que somente um livro da linda Brittainy podia. Eu já tenho o segundo livro da série aqui em casa e devo ler ele em breve, mas preciso preparar o meu emocional. 


Naquela noite, ela era minha droga. Minha alucinação. (Tristian, pág, 119) 
- Boas Leituras!!!


Um comentário:

  1. Ah esse livro é lindo Mychelle, amei lê-lo e fiz o caminho contrário ao seu, li ele primeiro e depois fui pra Sr. Daniels. A autora consegue envolver o leitor com sua escrita e mesmo quando já nos ligamos com o rumo da história não perdemos a empolgação :D

    ResponderExcluir