16 de mai de 2017

[Resenha] Herbert Flinch: O manipulador de Sonhos - Marcos A. Júnior

E aí leitores, hoje é dia de resenha, vamos conferir o que achei dessa leitura?

Sinopse:O que você faria se pudesse alterar todos os acontecimentos ruins na sua vida com o poder de um sonho? Mudaria muita coisa? Herbert mudou. Herbert Miller Flinch era um garoto pobre que vivia com seus pais, a amorosa Norah e o rígido Erick. Sempre morou em um pequeno trailer e nunca se preocupou com tempo e rotina, apesar de os dois serem muito duros com ele. Almejava coisas maiores. Visualizava um futuro bem diferente da atualidade, mas não passava de delírios sonolentos. Batalharia pelo seu sonho como qualquer normal, se ele fosse um. Aos 11 anos Herbert descobriu que podia refazer, sem que ninguém percebesse, os acontecimentos e deixá-los de acordo com suas vontades. Isso mudaria tudo em sua vida. Como seria a sua vida sem nenhum mal? Talvez felicidade, mas às vezes as coisas acontecem como tem que acontecer. Modificá-las pode acarretar em várias divergências. Todo o poder do tempo nas mãos de um ser humano "normal". Isso deveria ser tudo, mas a vida real tem vários outros pontos de vista. Trabalho, família, dinheiro, amor. Um amor tem o poder de mudar as pessoas, até mesmo mais poderosas. Ainda jovem, 24 anos, Herbert conheceu a esplendorosa Anny Lucy Stewart. Uma mulher um pouco mais jovem que ele, tão misteriosa quanto seu próprio dom, e que mexeu com os desejos do seu coração. Tanto poder em uma mente apaixonada. Tantos desejos compartilhados e apenas uma verdade, tudo seria exatamente do jeito que ele sonhasse. Essa é a vida de Herbert Flinch. Um homem cheio de desejos e poderes. Controlador de tudo o que é palpável, pena que o amor não pode ser tocado com as mãos.

Resenha:
Em Herbert Flinch: O Manipulador de Sonhos, conhecemos Heb (Herbert Flinch) de família humilde, que morava em um Trailler,e a partir de um certo momento da sua infância começa a ter sonhos que a depender dele, poderiam mudar acontecimentos da sua vida, sendo que ele não sabia de absolutamente nada, até que acontece um fato na sua escola que o deixou constrangido, deixando-o muito mal com o que um de seus colegas havia feito com ele, depois disso Heb percebeu algo estranho com ele, ao acordar no dia seguinte, percebeu que tudo que havia acontecido no dia anterior estava se repetindo, e ele poderia reverter o ocorrido a seu favor.
O livro é narrado por partes, temos Heb criança inicialmente, logo depois conto um pouco da sua adolescência, seu primeiro amor, primeiro beijo, que por sinal ele pode reverter uma outra situação estranha que lhe ocorrera. E por fim Herbert Flinch se torna um grande profissional, e futuramente, dono de uma grande empresa, o que transforma-o em um homem arrogante, e ganancioso e não para por aí, não sendo suficiente todo o sucesso e todas as conquistas em sua vida, surge a oportunidade de concorrer as eleições da sua cidade, e tendo em vista toda sua ganância, não e por ser querido por todos .
Em consonância aos acontecimentos na vida de Herbert, ele conhece Anny Lucy Stewartt, uma jovem jornalista, por quem ele se apaixona, e vive um romance as escondidas, até que em uma certa ocasião de negócios ele se declara na frente de todos. Os dois passam a então viver uma relação conturbada.
“Minha vida sem você era tão vazia que não sei o que faria se não a tivesse ao meu lado. Você é o motivo dos meus sorrisos.”
Em certa fase do livro, senti falta dos sonhos que Heb tinha na sua infância. Herbert então começa a demonstrar ser uma outra pessoa e isso acabou lhe transformando muito, chegando a deixar toda aquela simplicidade de quando era criança de lado e viver uma realidade na sua vida que talvez lhe custasse muito caro.
Bom pessoas, gostei do livro, foi uma leitura bastante rápida e leve, apesar de tantos acontecimentos envolventes, não deixando tornar-se uma leitura densa. Outro fato importante foi ver como o ser humano é capaz de deixar sua essência de lado por conta de interesses maiores. Recomendo para que gosta de uma dose de drama, e ao mesmo tempo procura uma leitura leve, com final surpreendente. A diagramação do livro é bastante confortável, bem revisado, com pouquíssimos erros, que tornaram meros detalhes, contribuindo para que o leitor tenha uma boa leitura durante todo o livro.

Classificação: 4/5


24 comentários:

  1. Muito obrigado pela resenha, Lucas.
    É um prazer ter você como parceiro.

    ResponderExcluir
  2. Pela classificação a leitura foi boa hein? Gosto desse tipo de livro, mesmo não lendo tanto quanto leio romances.
    Esse livro prende o leitor ne? Queremos saber o que ele pode fazer, principalmente quando conheceu alguém. Sem dúvida é uma dica legal pra mim.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Olá Lucas ;)
    Não conhecia o livro, mas me lembrou demais um filme que vi no netflix... About Time (que eu amo!).
    Obrigada demais pela dica, já vou colocar na lista de leitura! ;)

    ResponderExcluir
  4. Oi! Amei essa resenha, esse livro parece muito interessante e me lembrou um pouquinho o jogo Life is Strange :D Com certeza, eu o leria!

    Um beijo, Carol
    Blog com V.

    ResponderExcluir
  5. Esse Heb virou um adulto insuportável??????????
    Que pena que usou esse dom para se tornar uma pessoa ruim, tomara que Anny consiga mudar essa pessoa ruim que ele se tornou....

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Amei a resenha do livro, a historia e super interessante, eu também senti falta de você fala sobre os sonhos deles, acho que esse personagem arrogante deveria pelo menos ser algo bonzinho né!

    ResponderExcluir
  7. Oi Lucas,
    Ter o poder de mudar os acontecimentos é uma grande responsabilidade, agora imagina essa habilidade nas mãos de um garoto que sempre que se encontrar em uma situação que o desagrade irá recorrer a isso para deixar tudo a seu favor. Heb descobre o que pode fazer, mas alguém o orienta sobre o certo e errado em suas escolhas? Me parece ser um livro sobre reflexões, sobre um menino que não teve controle sobre seu dom e se tornou um adulto ambicioso e extremamente egoísta. Gostei da premissa deste livro, é algo diferente do que estou acostumada e uma boa oportunidade de sair de minha zona de conforto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perdoe a intromissão na conversa, mas o seu comentário é exatamente o que eu quis explanar no livro. O poder é ótimo. Todos pensam que se houvessem o controle de tudo, fariam um "mundo perfeito". Porém, quem não se perderia com tanto poder nas próprias mãos. O livro conta a história de uma vida toda, começo, meio e fim. Tendo o passado que ele teve, as possibilidades de o final ser exatamente o que decidi são gigantescas. Muito obrigado pelo comentário.

      Excluir
  8. Olá, gostei muito da resenha, eu adoro um drama!! Mas, me pareceu realmente um livro que você acompanha o crescimento do personagem e como o ser humano se modifica por meio dos seus próprios interesses!!!
    Com carinho
    One®
    http://onebooksoficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, Lucas !!
    Que resenha mais legal, gostei bastante do tema discutido no livro!! Fiquei muito curiosa para conhecer mais sobre ele!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  10. Oie

    Gostei da premissa do livro, acho que leva para muitas reflexões. O faz uma pessoa com tal poder em mãos é capaz, o quanto isso pode mudá-la e por ai vai. Ter o poder em suas mãos é tão bom assim?
    Eu gosto de leituras assim que mostram esse lado e fazer pensar sobre.
    Parabéns pela resenha.

    bjs
    Fernanda
    http://condutaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. O ser humano e capaz de tudo quando está relacionado com coisas maiores, ou até mesmo menores do que imaginamos, enfim, da para notar que essa leitura te surpreendeu e muito, ainda mais pelo fato de haver vários acontecimentos, e ainda sim a trama não foi algo densa muito pelo contrário. Fiquei curiosa para saber mais sobre a infância do personagem e seus sonhos, por isso pretendo adquirir esse livro com certeza.

    ResponderExcluir
  12. Isso de se ter o poder de mudar as coisas é, realmente, muito perigoso. Gostei da ideia que o livro apresenta, faz o leitor refletir. Gostei também da sua resenha, fiquei curiosa e gostaria de ler o livro. Mais um que vai pra minha lista.
    Beijos,
    eusouumpoucodecadalivroqueli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi.
    Eu achei a ideia do livro bem diferente do que normalmente vejo.
    A coisa toda de acompanhar o crescimento do personagem junto com a sua narrativa bem interessante, Tenho que confessar que o livro me chamou bastante atenção.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  14. Olá.
    A premissa do livro é bem interessante e diferente. Fiquei curiosa para sabem mais do enredo, mas por tudo que você comentou, a leitura é reflexiva e leve e , se tem um final surpreendente, melhor ainda!
    Já na lista.
    Ótima resenha.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  15. Eu amo capas minimalistas e esta, com certeza, é uma das que amei. Adoro também toda essa ideia intrigante de sonhos e mudança de realidade, me lembra vários filmes que eu gosto bastante eou tento vontade de assistir . Tem o Mr Nobody, que to doido pra ver, mas é uma trama bem diferente. De qualquer forma, parece uma leitura bem incrível. E a nota tá boa também asuauhuhauhsha beijos

    ResponderExcluir
  16. Amo livros que trazem sonhos em sua temática. É realmente uma pena que Heb tenha se esquecido de si mesmo (pelo menos é assim que eu o vejo), mas isso acontece muito : deixar a essência dos nossos sonhos de criança de lado, abrimos mão deles por coisas que julgamos mais importantes, coisas de adulto. Espero que a nova realidade do Heb seja uma realidade feliz, que ele se sinta realizado. Dica super anotada!

    ResponderExcluir
  17. Gostei bastante, mas me veio uma impressão que o conteudo é bastante viajante, onde tem muitas voltas... Mas fiquei interessado...

    ResponderExcluir
  18. Apesar de muitas coisas em minha vida terem sido uma "cagada" atrás da outra não imagino mudando nada que passei, até porque foram essas miríades de decepções e vivências que me fizeram ser quem sou hoje, e acabaria sendo outra vertente de mim que não eu mesma! Fiquei bem interessada na leitura.

    ResponderExcluir
  19. Eu não conhecia este livro, mas após ler sua resenha fiquei bem interessado em lê-lo, que bom que é uma leitura bem rápida e leve, gosto destes estilos de livros, já adicionei Herbert Flinch: O manipulador de Sonhos em minha lista de leituras espero conseguir lê-lo em breve.

    ResponderExcluir
  20. Oi Lucas!
    Não conhecia esse livro e o começo da resenha me deixou interessada, toda essa coisa de manipular sonhos e tal, mas é uma pena que o personagem tenha perdido sua essência no decorrer da trama. Ainda assim, que bom que foi uma leitura leve e que a diagramação é confortável. Me irrito demais com fonte pequena e afins rs

    ResponderExcluir
  21. Marcos!
    Mesmo o protagonista Herb tendo um dom tão genial e podendo aproveitar para fazer o bem, deixou que o egoísmo tomasse conta dele e a ambição dominá-lo.
    Acredito que cabe aqui muita reflexão sobre nossos pensamentos, desejo e ações, devemos sempre quebrar nossos paradigmas para melhorar e não para deixar o egoísmo nos dominar.
    “Uma pergunta prudente é metade da sabedoria.” (Francis Bacon)
    Cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  22. Olá;;;
    Ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas parece ser realmente incrível... Uma pena que Heb não usa o seu 'dom' para o bem. Já incluí essa obra em minha lista de leitura...
    Abraços.

    ResponderExcluir
  23. Oi!
    Ainda não conhecia esse livro, mas foi uma historia que me interessou, principalmente por passamos por diversas fases da vida do personagens e vemos sua transformação, por ser um livro rápido e envolvente, se tiver oportunidade quero ler !!

    ResponderExcluir