29 de jul de 2016

A primeira impressão é a que fica...

Olá pessoal
Hoje trago para vocês a primeira impressão de um dos recentes lançamento da editora Novo Conceito  O ano que eu te conheci escrito por Cecilia Ahern.

Sinopse: Bem-vindos ao mundo imperfeito de Jasmine e Matt.
            Vizinhos, eles não têm o menor interesse em tornarem-se amigos e nunca haviam se falado antes. Estavam sempre ocupados demais com suas carreiras para manter qualquer tipo de contato. Jasmine, mesmo sem nunca tê-lo encontrado, tem motivos para não suportar Matt.
Ambos estão em uma licença forçada do trabalho e sofrendo com seus dramas familiares. Eles precisam de ajuda.
Na véspera de Ano-Novo, os olhares de Jasmine e Matt se encontram de forma inusitada pela primeira vez. Eles têm muito tempo livre e precisam rever seus conceitos para poder seguir em frente.

Conforme as estações do ano passam, uma amizade improvável lentamente começa a florescer.



Primeira impressão
Os capítulos que a editora nos mandou são narrados por Jasmine e parece que ela esta falando com o leitor, mas logo percebi que esta em forma de pensamentos direcionados a Matt e por causa disso a narrativa parece um pouco confusa por hora ela esta contando algo que aconteceu e no parágrafo seguinte ela esta pensando em como ela se sente em relação a sua atual situação e ainda “falando” diretamente para Matt, sem ter uma pausa ou um distanciamento dos parágrafos. Tem um ritmo um tanto quando lento de narrativa o que me fez conseguir entender o estado de espírito de Jasmine, mas que também pode ser um pouco tedioso.

De primeira não fiquei curiosa acho que pela personagem não ser daquele tipo que te cativa,  ela parece ser o tipo de pessoa que presa a praticidade e funcionalidade das coisas, enquanto Matt parece ser o tipo de cara que não esta nem ligando para o resto do mundo, mas no fim fiquei intrigada como eles iram se tornar amigos já que Jasmine não suporta Matt, outro fato é que não da para ter ideia do que esta por vir, me parece ser o tipo de livro que te surpreende.


Espero que gostem, Boa Leitura!




6 comentários:

  1. Ooi, Joyce! Li outras impressões em outro blog, e até que curti a ideia. Não sabia sobre a narrativa, e confesso que fico confusa, sério! Eu preciso saber como o personagem pensa, e se estiver falando diretamente com o outro personagem, fica meio estranho, não? Acho que com certeza eu estaria confusa se tivesse lido!
    Espero que a leitura flua melhor quando você ler os outros caps :D e ah, devo confessar que acho a capa encantadora!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Joyce, também acho que esse é um daqueles livro que nos surpreende, além de nos emocionar. Eu estou doida pra lê-lo, mas infelizmente ainda não tive oportunidade, e até agora só vi resenhas positivas sobre ele. Já estou curiosa pra saber como a relação desse casal se desenvolve. Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Joyce!
    Cecilia Ahern é uma daquelas autoras que sempre surpreende em suas histórias, portanto, mesmo que você não tenha sido cativada nas primeiras páginas do livro, acredito que autora tem muito a contar, com um desfecho cheio de reviravoltas e realmente intrigante.
    Assim que ler O Ano em que Te Conheci nos conte o que achou da leitura. Torço para que esta primeira impressão mude.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Oi!! Não conhecia a autora e nem tava sabendo desse lançamento! Pela sinopse eu já não me interessei muito, pois parece ser mais-do-mesmo, com relação a romances e tal...E sua primeira impressão, além de reforçar essa ideia, ainda me disse que a leitura é lenda e a mocinha pouco cativante. É, realmente não é um livro que eu pretendo ler.

    ResponderExcluir
  5. Oiee!
    Não curto muito os livros da autora não, até já tentei ler um deles, não lembro ao certo qual foi, e não gostei. Depois disso vi que pra mim o modo de escrita dela não serve, tem algo que me incomoda, sei lá.
    Não pretendo ler esse.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Confesso que esperava uma resenha mais cheia de entusiasmo, mas pelo que percebi a escrita confusa de pensamentos, diálogos deu um cansaço ao ritmo de leitura. Poxa a capa do livro é linda adoro esse tom de céu que deixa a sensação de tristeza, pensei em ser um daqueles dramas de me fazer chorar litros, mas ainda não entendi bem sobre o que se trata o livro! Quero ler assim mesmo, pois falam muito bem da autora>

    ResponderExcluir