15 de nov de 2015

Resenha - Escola de vilões

Olá leitores, olha quem está de volta? E com resenhaaaaa, podem comemorar, então não vamos perder tempo e vamos conferir!!!

Será que um vilão pode se recuperar? Gilly não se considera exatamente uma garota má... Porém, quando se tem cinco irmãos e irmãs mais novos, é preciso ser criativo para ajudar nas despesas. Ela é uma ladra muito boa, e disso tem certeza e pode se gabar. Até ser pega. Depois de roubar uma presilha, é sentenciada a passar três meses no Reformatório de Contos de Fadas – no qual os professores são aqueles antigos vilões que já conhecemos, como o grande Lobo Mau e a malvada Madrasta da Cinderela. Quando, porém, ela faz amizade com alguns estudantes, como Jax e Kayla, aprende que esse reformatório vai muito além de sua missão heroica. Há uma batalha ganhando forma e Gilly precisa descobrir: os vilões podem realmente mudar? Descubra o Lado B dos contos de fadas.





Resenha – Escola de Vilões
Escola de vilões é o típico livro que se você é adulto, faz reviver todas as aventuras das histórias infantis, e se você é criança, faz você ver os personagens em uma outra perspectiva, ou seja é um livro que todo mundo pode ler com a certeza de que vai gostar, só por conter personagens de várias histórias infantis, e o que é mais legal, a autora conseguiu transformar suas personalidades “maléficas” em professores de uma escola de vilões, mas confesso que não achei que os alunos que foram para lá são mesmos vilões, com exceções de alguns poucos que cometeram alguns delitos mais graves, a maioria dos alunos de lá pelo que pude notar cometeram coisas simples, como no caso da personagem principal: Gilly, que roubava dos nobres de Encantadópolis por considerar que não faria falta para eles, e trocava/vendia para ter como levar comida para sua família, visto que o trabalho de sapateiro do seu pai não estava mais como antes já que uma fada estava fazendo os sapatinhos de cristal de um jeito mais rápido.
Ao chegar no RCF (Reformatório dos Contos de Fadas) Gilly vai ter que enfrentar inúmeros desafios para poder sair de lá, mas isso não será nada fácil, e ela não enfrentará só, vai ter a ajuda de alguns outros internos do RCF, os quais ela começa uma amizade, para saber se Gilly conseguirá sair dessa vocês precisam ler o livro... Hahaha

A princípio, achei que esse livro seria mais um daqueles voltados para crianças/pré-adolescentes mas me surpreendi bastante, a Jen Calonita conseguiu fazer junções de outras histórias e transformar “Escola de Vilões” em um livro único capaz de encantar a todos, espero muito ter a oportunidade de ler outras obras da autora o mais rápido possível, porque vale muito a pena!!!

5 comentários:

  1. Olá, tudo bem??

    Estou de olho nesse livro desde que ele lançou... Mas estava achando que seria mais voltado para o universo infântil, porém gostei muito da sua resenha e vou procurar lê-lo o mais rápido possivel agora hehe

    XOXO
    umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Esse livro faz parte da minha lista de desejados desde de seu lançamento, acho que vai ser muito bom ler essa história, tenho certeza que vou me envolver, e curti muito rever todos esses personagens que fizeram parte da minha infância, tenho certeza que vou amar a leitura.

    ResponderExcluir
  3. Oi Lucas :) Li a resenha e achei bem bom! Não sou de ler esse gênero, na verdade não leio, então não me interessou tanto a ponto de criar vontade de ler o livro!

    ResponderExcluir
  4. Com certeza lerei esse livro, pois desde o lançamento que já estou querendo lê-lo. Que bom ser um livro não totalmente voltado para os mais jovens. Acho bem interessante ser um livro que não tem um público-alvo, já que faz com que eu saiba que gostarei.

    ResponderExcluir
  5. Ta na minha lista desde que vi o lancamento.mesmo.parecendo. infanto juvenil rsrs adoro esse tipo de livro com novas perpesctivas ♡♡♡

    http://estilodenerd42.blogspot.com.br

    ResponderExcluir