30 de set de 2016

Resenha: Toda Sua

Olá leitores.
Hoje eu tenho uma resenha fresquinha para vocês, espero que gostem. Eu li o livro resentimente e gostei bastante da leitura!!!




Titulo Original: Bared to you
Autora: Sylvia Day
Nacionalidade: Americano
Lançamento: 2013
Editora: Paralela
Estrelas: 4/5
Sinopse:
Ele era inteligente, bem-sucedido, rico e muito lindo.Fiquei obcecada por ele como nunca tinha ficado por ninguém, por nada. Ansiava por seu toque como uma droga, mesmo sabendo que aquilo me acabaria me destruindo. Eu tinha meus problemas, e ele fez com que viessem à tona muito facilmente. Gideon sabia. Ele também tinha seus problemas. E nós acabaríamos sendo o espelho que refletia os traumas – e os desejos – mais secretos do outro.Seu amor me transformou, e eu rezava para que nosso passado não nos separasse...
Minha Opinião:

Eu tenho um serio problema com livros eróticos. Para mim é sempre amor ou ódio, por isso acabo sendo sempre muito receosa quando eu vou ler um destes livros. 
Eu tenho que falar que 'Toda Sua' me superientendeu bastante.Ele entrou na categoria 'Amor' e isso me deixa muito feliz. De uma certa maneira este livro é parecido com  50 tons, mas não se engane os personagens e o enredo são diferentes. 

O livro começa narrando a mudança de Eva para Nova York. Ela, ao contrario de muitas protagonistas, é rica e vai morar na parte nobre de Nova York. Mas ela via trabalhar como secretaria no prédio 'Crossfrie', que dá nome a serie. Ela vai acabar conhecendo Gideon e os dois vão começar um relacionamento baseado em sexo sem compromisso. Até isso tudo normal. O que vai realmente diferenciar este livro de outros de seu gênero é os traumas que os personagens sofrem no seu passado. No posso dizer qual o origem destes traumas pois iria ser um grande spoiler, mas é bem chocante e diferente dos que vemos em outros livros do gênero.

Os personagens são bem marcante, eu tenho que admitir que me apaixonei completamente por Gideon e seu sejo. Também adorei o amigo da Eva, Cary, que é bissexual e rouba a cena toda vez que aparece. A Eva também me cativou com seu jito meiga mas decidida que mesmo com traumas tenta viver a vida da melhor maneira possível. A mãe da Eva foi também bem importante no livro com seu jeito protetora e conselhadora (apesar que de eu achar que ela leva os dois ao extremo demais).

A escrita é super rápida e fluida sem falar que o livro também é super curto somente 274 páginas. É o primeiro de uma serie de 5 livros então se você quiser entrar neste livro esteja avisada. Também vale ressaltar que o livro tem varias cenas de sexo explicito então lembre disto. 

Bem leitores, esta foi minha resenha de hoje, espero que tenham gostado. Se já leram o livro não esquece de comentar e falar o que achou. Se ainda não leu me falar o que espera de livro, se vai ler ou não. Tenham um bom dia. 


- Boas Leituras!!!!

8 comentários:

  1. Nunca me interessei pelos livros de Sylvia Day. Esse é outro livro que nunca vou ler, pois sinceramente não gosto de romances desse tipo. Acho muito clichê e tals.

    ResponderExcluir
  2. Também tenho um receio enorme de ler esse tipo de livro hoje em dia. Acho que li muitos quando deu aquela febre de eróticos e aí só foi perdendo a graça. Chegou a um ponto em que tudo parecia mais do mesmo, sem graça e que eu estava era perdendo tempo quando tinha tantos livros realmente bons e interessantes pra ler.
    Mas li esse e até gostei. Ele tem uma pegada mais amor, acho que os personagens são até bem feitos. Mas não é tudo isso pra mim não. Foi um gostei não gostando. Li por curiosidade e quando a autora foi fazendo mais do que 3 livros já cansei de acompanhar.
    Mas pra quem gosta do tipo ele até que é legal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que acabei gostando dele por ele ter uma pegada 50 tons, acabei me viciando kkkkkk.
      Mas isso também deve ser porque eu não leio eróticos faz algum tempo.
      Bjsss

      Excluir
  3. Michelly!
    Foi um dos primeiros livros da autora que li e acabei me encantando com a forma como ela desenvolve todo enredo, apesar dos dramas no caminho.
    Adoro romances eróticos e esse é bem docinho.
    “A sabedoria só nos chega quando não precisamos mais dela.” (Che Guevara)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Oi.
    Eu li os três primeiros livros dessa série, e sinceramente não tive uma leitura positiva, achei o livro extremamente clichê, que bom que essa foi uma boa leitura para você, quanto a Gideon tenho que concordar homem maravilhoso.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  5. Não gostei do livro, achei uma cópia barata do Cinquenta Tons,um homem rico, lindo, com sombras no passados e louco por sexo, uma ex, uma garota apaixonada que divide o apartamento com um amigo. A unica grande diferença é que Ana da vez, não é ingenua e chata, e que a escrita foi um pouco melhor.
    Também achei que muitas histórias ficaram meio sem explicação, e isso não diz respeito a Gideon, mas a outros personagens, acredito que esteja no próximo livro, para fazer algum sentindo... sei lá, talvez eu o leia o próximo livro só por curiosidade, para saber como a autora escreveu a sequência.

    ResponderExcluir
  6. Também costumo ter problemas com livros eróticos, tem sempre a mesma ideia e quase nunca eu gosto muito dos personagens. Mas fiquei bem animada ao saber que a escrita é fluida, quem sabe eu nao me arrisque algum dia?
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha.
    Esse é um livro que quero muito ler, gosto muito do estilo!

    Boutique de Clichês

    ResponderExcluir