7 de abr de 2015

Resenha - Eu, Inabalável

Olá leitores, tudo bem?
Alguém aí sentiu saudades das nossas postagens? Pois bem elas estão de volta, e dessa vez é uma resenha de um super livro!!!







Eu, inabalável é um livro recheado de surpresas escrito pelo autor Josué Matos e publicado pela editora Selo Jovem em 2014, o livro conta a história principal de Leonardo, um jovem carioca que se vê na “obrigação” de vingar a morte do seu irmão Alan a qualquer custo, morto por um assassino misterioso que até então ninguém imagina quem seja, Lia mãe dos dois jovens se vê em uma profunda depressão por conta da morte do filho, Ricardo seu esposo se vê desesperado e se culpa por tudo que aconteceu, já que não 
dava muita atenção para os filhos e se preocupava apenas com seu trabalho, o desejo de vingar a morte do seu filho toma conta de si e vai lutar a qualquer custo para que o assassino também seja morto o que acaba fazendo um mal enorme para ele, tornando a relação com Leonardo extremamente difícil.

Outro ponto que achei bastante interessante no livro, foi o fato de não retratar apenas a história principal, mas também em algumas partes contavam histórias ligadas a outros personagens como da agente Valeria, e do professor Humberto.
Alan tinha uma grande paixão pelo seu professor Humberto, o que torna-o principal suspeito do assassinato fazendo com que Ricardo faça justiça com as próprias mãos e acaba indo atrás do professor na intensão de matá-lo, só que acaba sendo impedido pela agente Valeria.

Depois disso Léo viaja para o exterior passando dois anos por lá, e ao voltar ao Brasil ainda se vê inconformado com o fato de não terem pego o assassino do seu irmão.
A Agente valeria também se vê na obrigação de colocar o principal suspeito na cadeia, indo atrás de evidências que possam incriminar o professor Humberto de qualquer jeito.
Contrapondo um pouco a história o professor Humberto mantém uma relação estável com o advogado Eduardo, e os dois decidem adotar uma criança, visto que a relação dos dois já está bem fortalecida depois de tantos anos juntos.
Logo após todos esses pontos principais a história toma um rumo diferente a cada página fazendo com que a imaginação dos leitores fale mais alto.
O ponto marcante do livro foi ter me surpreendido bastante em relação ao desfecho final, estava imaginando algo e acabou acontecendo outra coisa inimaginável que só lendo para poder entender bem o que estou falando.

Apenas um trecho do livro fez com que eu ficasse me perguntando o porquê daquela cena, mas tirando esse ponto o livro me instigou bastante, um romance policial de tirar o fôlego de qualquer um típico de séries norte-americanas que te prendem do início ao fim. 
Esse lance das várias histórias me deixou bastante animado pois o livro ia ganhando novos contrastes com as ligações das próprias histórias.



8 comentários:

  1. Fiquei super curiosa para conhecer a história, que incrível, adorei! Amo romances policiais e esse parece ser muito bom. Parabéns pela resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Comprei no final do mês passado esse livro para dar de presente para minha sobrinha. Eu ainda não li, mas gostei do enredo.

    ResponderExcluir
  3. Poxa super legal um livro nacional ter todo este enredo! Apesar de não gostar muito de suspense gostei muito da trama.
    Ótima resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Esse livro parece ser muito bom, de verdade. Sua resenha me deixou curiosíssima! Beijos.

    http://livro-apaixonado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha, agora você me deixou curiosa.

    Bjux ;)
    http://entrelinhasalways.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Fiquei bastante curiosa,agora quero saber quem é o assassino?

    ResponderExcluir
  7. Nossa você conseguiu bem me deixar com uma pulga atrás da orelha, resenhas assim me fazem ficar ainda mais com vontade de ler o livro, ainda mais um livro nacional incrível como deve ser esse.

    ResponderExcluir
  8. Ual brazucas arrasando. Gosto de livros assim . A historia parece muito boa e a capa é linda

    ResponderExcluir