12 de set de 2015

Mande bem no ENEM! #3

Olá leitores do meu coração! Tudo bem com vocês? Bom, já fiz duas postagens semelhantes a essa e hoje estou aqui para falar de mais dois possíveis livros que podem cair no Enem e em vestibulares em geral. Livros riquíssimos em cultura que recomendo para todos, mesmo os que não prestarão vestibular esse ano. Vamos lá?

A cidade e as Serras- Eça de Queirós

Quando comecei essa leitura senti um pouco de dificuldade para entender, mas acabei me acostumando com o modo de escrever do autor e tive uma leitura bem agradável.
Bem, o livro é narrado por Zé Fernandes e conta a história de seu amigo Jacinto, que nasceu em uma família rica e conta que se conheceram em uma escola em Paris. Um dia, por motivos familiares Zé Fernandes tem que retornar as Serras Portuguesas e acaba largando a Faculdade de Direito. Jacinto continua em Paris, o único lugar que segundo ele, poderia ser feliz. Criou até uma fórmula que dizia que a Suma Potência (Capacidade humana) X Suma Ciência (Tecnologia)= Suma felicidade.
Sete anos se passam, e Zé Fernandes resolve ir visitar o velho amigo em Paris. Chegando lá encontra um Jacinto acabado, corcunda e mesmo com tanta riqueza e tecnologia ao seu redor, ele era uma pessoa triste.
Alguns acontecimentos se passam e Jacinto decide ir com o amigo para as serras portuguesas já que tem algumas reformas para fazer em uma de suas propriedades lá perto. Chegando lá, Jacinto estranha tamanha simplicidade do campo. Mas com o tempo, se apaixona pela natureza e a tranquilidade do lugar. E aí, ele realmente encontra a suma felicidade!
Publicado em 1901, um ano após a morte do autor português, A Cidade e as Serras narra a comparação entre campo e cidade, comum nas histórias do autor, assim como a relação entre a elite e a classe trabalhadora.


 O Quinze- Raquel de Queiroz

Terminei de ler esse livro hoje, e ele já tem o meu amor. Mesmo sendo um clássico da literatura, sua escrita não é nem um pouco “chata”, dá pra entender legal, e não precisei ler o mesmo parágrafo mais de uma vez (coisa que sempre acontece comigo quando estou lendo clássicos ‘-‘ rsrsrs).
O Quinze narra todo o sofrimento enfrentado pelos nordestinos diante da pior seca por eles já vivenciado. Chico Bento trabalhava para Dona Maroca, cuidava do gado. Mas devido a terrível seca, a patroa deu ordens para que soltasse o gado para deixa-los morrer e despediu todos os empregados. Sem ter o que fazer Chico Bento arrumou as trouxas, pegou a família e foram todos para a cidade em busca de algum dinheiro para sobreviver. Acontece que eles não conseguiram passagens no trem e tiveram que ir a pé no sol escaldante.
Meu Deus, não sei como não chorei lendo esse livro! Durante dias essa família sente fome, cansaço... Josias, um dos filhos de Chico, morre por ter comido uma macacheira (mandioca) crua ainda na terra, de tanta fome! Mais a frente, Pedro, outro filho, some da família e mesmo assim Chico Bento persistira até o fim.
Chegando ao destino, toda a família estava em extrema miséria, foram parcialmente salvos pela comadre Conceição que deu de comer a todos por alguns dias e arrumou um "emprego" para seu compadre. Conceição se apegara de forma impressionante a Duquinha, filho caçula de Chico Bento, que decidirá criar a criança. Vendo a situação difícil Chico Bento e Cordulina sua esposa vão a São Paulo com os três filhos que lhe restam dois seis que tinham. Josias morrera, Pedro fugira e Duquinha tinha sido adotado por Conceição sua madrinha. Depois da viagem nada mais é relatado sobre a família.
Escrito pela incrível autora Rachel de Queiroz e publicado no ano de 1930, podemos dizer que 
este romance, além de ser o primeiro que a autora escreveu é também o mais popular. 

Por hoje é só, espero que tenham gostado!
Beijos e até a próxima ^^

16 comentários:

  1. Estão aí dois livros que eu precisava, mas ainda não li! Um amigo meu que leu "As cidades e as serras" falou tão mal do livro que me desanimou para ler - mesmo amando livros de literatura, mas não vai dar para fugir deles da faculdade. Não conhecia esse segundo, vou procurar mais sobre ele. Adorei a ideia de posts assim, vou procurar os outros dois antigos.
    Beijjos

    mundodeleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Primeiramente Eu gostaria de parabenizar ao Blog Jovens Leitores por ter abordado como tema central, possíveis livros que podem cair nas provas e no ENEM. Sabemos que muitos outros Blogs só falam de livros atuais "Modinhas" e isso as vezes fica meio que chato. Graças a Deus tenho esse Blog e o Menino Literário para variar. Como eu já disse, gostei muito do assunto e me interessei por estes clássicos. Sei que muitas vezes, o preconceito para com a literatura Brasileira, nos faz pensar que o enredo e a história são chatos e sem organização. Todavia, pude ver através dessas resenhas que tais livros são ótimos para a leitura, mais dois para minha GRANDE lista de desejos.

    ResponderExcluir
  3. Primeiramente Eu gostaria de parabenizar ao Blog Jovens Leitores por ter abordado como tema central, possíveis livros que podem cair nas provas e no ENEM. Sabemos que muitos outros Blogs só falam de livros atuais "Modinhas" e isso as vezes fica meio que chato. Graças a Deus tenho esse Blog e o Menino Literário para variar. Como eu já disse, gostei muito do assunto e me interessei por estes clássicos. Sei que muitas vezes, o preconceito para com a literatura Brasileira, nos faz pensar que o enredo e a história são chatos e sem organização. Todavia, pude ver através dessas resenhas que tais livros são ótimos para a leitura, mais dois para minha GRANDE lista de desejos.

    ResponderExcluir
  4. Oi,
    A ansiedade para o Enem está "a mil". Confesso que não gosto muito de clássicos, eles me deixam impaciente em certas partes. Mas li O Seminarista para um trabalho,e amei. Desde então tento dar espaço para os clássicos. Agora preciso ler Meu Primo Basílio - Eça de Queirós, também para um trabalho. Fico feliz de saber que ao longo da leitura de A cidade e as Serras, você conseguiu entender a história e ela fluiu. Espero ser assim com Meu Primo Basílio.
    Eu tive a oportunidade de ler O Quinze, mas preferi ler Os Miseráveis - Victor Hugo, e amei a leitura. Depois de ler o que você escreveu sobre esse livro me animei, vou procura-lo na biblioteca da escola. Gostei de saber que você não precisou ler o mesmo parágrafo mais de uma vez, sempre faço isso em clássicos kk. Isso me fez interessar mais.
    Adorei muito o post, pois sai daquilo que estamos acostumados. Espero por mais posts assim.
    Bjjs.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Bia
    Gostei das recomendações. Ainda bem que pelo ENEM eu já passei..hehe
    Realmente costuma cair algumas obras, e precisa ter um pouquinho de conhecimento das fases da literatura para responder as questões. Ótima postagem!

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Adorei esse post. É vocês estão de parabéns por mostrarem esses livros que talvez caíam no Enem. Mesmo não precisando mais do Enem, com certeza lerei esses livros. Achei eles muito interessantes.

    ResponderExcluir
  7. Super curti essa ideia de vocês em publicar as possíveis obras literárias que cairão no Enem,
    Meus parabéns pela iniciativa, realmente muito bem pensada.
    Acredito que ajudará muito todos aqueles que diante de todo o nervosismo, não sabe muito bem o que estudar.

    Parabéns !!!!!

    ResponderExcluir
  8. Oi Bia,
    Ainda bem que já passei dessa fase de Enem mas eu lembro bem de como era. Lembro que li alguns livros para fazer vestibular e é muito bom conhecer um pouco mais da literatura brasileira.
    Parabéns pela iniciativa e continuem com posts assim.

    ResponderExcluir
  9. Realmente e uma boa dica de leitura para o enem, apesar de nunca ter nenhum interesse de ler esses livros, pretendo ver se consigo encontrar esses livro online, ou em pdf, pois quero muito sair bem na prova do enem, e pretendo fazer de tudo para conseguir! Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Adorei essas dicas. O Quinze é um ótimo livro, estou trabalhando com ele em sala de aula, principalmente pela sua autora que é a Rachel de Queiroz que é uma escritora destacada pela prosa na 2° Fase do Modernismo. Nunca li A Cidade e as Serras, mas pretendo lê-lo. Obrigado pelas dicas!

    ResponderExcluir
  11. Não sou de ler clássicos, porém fiquei interessada nesses, principalmente em O Quinze, por se tratar de uma realidade muito vivida e que muitas pessoas desconhecem.
    Bjus.

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Ótimas resenhas, parabéns!
    Esse ano pude ler O Quinze, e vi que realmente é um ótimo livro, com uma história que podemos tirar grandes lições.
    Boa noite :)

    ResponderExcluir
  13. Oie
    Vou fazer Enem e vestibular esse ano então adorei suas dicas.Mas não me dou bem com livros clássicos.Acho que a linguagem me irrita um pouco e faz a leitura ficar maçante.Gostei do livro O Quinze,ele parece ser bem agradável,e é ótimo quase se tem isso de não ficar relendo o parágrafo para entender.

    ResponderExcluir
  14. Olá, Bia. É a primeira vez que vejo a coluna no blog. Gostei bastante, vou fazer o ENEM este ano e ano que vem. portanto adorei o post. Mande bem no ENEM! propõe leituras clássicas e essenciais para o vestibular. Confesso que a narrativa é um pouco lente. Mas a leitura é válida.

    ResponderExcluir
  15. Oii Bia, não irei fazer ENEM esse ano, porém utilizarei suas dicas no cursinho que leciono, será uma boa ideia mostrar para os meus alunos livros que poderão ajudá-los no dia da prova, obrigado pela dica!!!

    ResponderExcluir
  16. Não irei fazer ENEM esse ano (graças a Deus haha) mas adorei as indicações!

    ResponderExcluir