13 de jun de 2015

Resenha - Sob Pressão

Olá leitores! Tudo numa boa? Bem, hoje trouxe para você mais uma resenha, dessa vez do livro Sob Pressão da Editora Gente, escrito por Bruce Hoverd, vamos lá?

 A oportunidade de sair do ciclo da exaustão: transformar estresse em resultado!

 Se comparados às gerações anteriores, nós trabalhamos por mais tempo e com mais intensidade do que nunca, e sempre com prazos apertados e muita cobrança. Como você já sabe, mais exigências significam mais pressão – o que pode facilmente se transformar em estresse (se já não se transformou!). A vida se torna um trem desgovernado: emoções sempre à flor da pele, incerteza sobre o que devemos fazer, a sensação de que o trabalho nunca chega ao fim e aquela vontade de fugir para bem longe... Basta!

 Você não merece uma rotina de dores de cabeça e no corpo, irritação e sensação de ser dominado por um cansaço que não passa. Em Sob pressão, o autor mostra como elevar sua capacidade de resiliência, gerenciar os gatilhos do estresse e ter o trabalho bem realizado – mesmo quando o ritmo aperta.

 Neste livro você aprende como:
- Gerenciar tempo e carga de trabalho com eficiência
- Sair do estresse com táticas claras e poderosas
- Encontrar energia extra para os momentos em que mais precisa
- Perder o medo da mudança e fazê-la funcionar para você e para os
outros ao seu redor

 Faça da pressão o seu melhor momento profissional!


Bem, para ser sincera, não me identifiquei com o livro nem um pouco. Primeiro porque não curto muito livros de auto ajuda (exceto os livros do Augusto Cury, porque ele é divo! Hahaha!) e segundo porque eu não estou estressada, muito menos sob pressão rsrs. Por isso acabou se tornando uma leitura demorada e entediante. Só recomendaria esse livro para uma pessoa realmente desesperada e estressada rsrsrs. 
O livro é dividido em 9 capítulos. No capítulo 1, o autor oferece um jeito de você identificar o quão séria é a pressão que você enfrenta ( seus níveis de desafio, pressão, estresse e angústia) para você saber quais medidas tomar no seu caso. O dilema do capítulo 2 é "Tenho muita coisa pra fazer em pouco tempo", acho que todos nós passamos por isso de vez em quando, não só os estressados rsrs, e o autor nos ensina algumas dicas para podermos usar melhor o nosso tempo. 
"Desenvolva táticas de enfrentamento que funcionam", "Pense positivamente quando tudo parecer difícil", "Redirecione relacionamentos que não estão funcionando", "Sinta-se bem com as mudanças" ... são alguns dos temas dos capítulos encontrados no decorrer do livro.
É um livro bem escrito e com uma linguagem fácil. Então se você está estressado ou algo do tipo, leia! Vai te ajudar muito, de verdade. Mas se você assim como eu está de bem com a vida, é melhor ler outra coisa, porque é capaz que você durma lendo ele (Não que eu tenha feito isso  '-' Hahaha!).
É isso, até a próxima. Beijos!

                                                                           


9 comentários:

  1. Oi, também não gosto muito de livros de auto ajuda, eles não me interessam nem um pouco! Com certeza não lerei esse livro. Confesso que não li nenhum livro do Augusto Cury mas os livros dele parecem ser bons. Bjus.

    ResponderExcluir
  2. Eu não curto esse estilo de leitura, mas achei o livro bastante interessante para quem tem uma vida corrida que, por conta disso, acaba tendo muita irritação. Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  3. Eu acho livros de auto ajuda um porre, mesmo que eu esteja passando pela situação descrita no livro, eu dispenso. Eu estou muito estressada no momento e com certeza sob pressão, ainda sim, não sei se leria esse livro. Parabéns pela resenha, muito bem escrita.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi! Realmente esse não é o meu tipo de leitura, somente li auto ajuda para projetos academicos. Provavelmente você não se identificou e por isso não gostou.
    Conheço diversas pessoas que se sentem muito bem com leituras desse genero, mas vou continuar em outros estilos rs
    Beijos
    Dri

    ResponderExcluir
  5. Eu acho livros de auto ajuda um porre, mesmo que eu esteja passando pela situação descrita no livro, eu dispenso. Eu estou muito estressada no momento e com certeza sob pressão, ainda sim, não sei se leria esse livro. Parabéns pela resenha, muito bem escrita.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Nao curto nada esse genero lemdo a sinopse ate da vontade mas sei q na hora de ler nao me agrada apessar q esse dai seria bom p meu irmao rsrs muito estressado

    ResponderExcluir
  7. nunca li um livro de auto ajuda, mas algumas das dicas que esse livro da parece ser bem aproveitadoras. ótima resenha

    ResponderExcluir
  8. Se fosse a uma semana atrás este livro cairia como uma luva para mim, porém agora estou bem também! kkkk
    Bjs
    www.leticiaiarossi.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Esse livro realmente não se encaixa no meu perfil, porém sempre temos aquele familiar que não está numa fase tão boa, inclusive tenho um parente que está precisando desse livro, acho que seria uma boa dar esse presentinho para ele!!!

    ResponderExcluir