23 de mai de 2015

Resenha: Diários do Meio-Fio


Olá leitores, tudo bem?
Depois de muito tempo de ter lido o livro, enfim chegou o dia de postar a resenha!!!

Bora conferir?

Sinopse: Diários do Meio-Fio é o complemento prático do Pescador de Ideias, primeiro livro de Flávio Duncan, lançado em 2011 que abordava a parte teórica do projeto do portal que tem o mesmo nome. A nova obra aborda temas do dia a dia da população em situação de rua colhidos na cidade do Rio de Janeiro. Para isso, Flávio foi a campo extrair dados reais e perfis comportamentais precisos da triste realidade cotidiana dos moradores de rua, além de evidenciar as más condições dos abrigos públicos e a dificuldade de ressocialização dessas pessoas na sociedade.O carioca Flávio Duncan foi o mais jovem Técnico da Gerência de Planejamento do Programa Favela Bairro, atendendo a diversas modalidades de beneficiários em situação de risco e vulnerabilidade social.Hoje, o jornalista, músico e autor já foi indicado aos prêmios Nobel da Paz 2012, Jonh F. Murray, pela Escola de Comunicação de Iwoa (EUA), e o Prêmio Direitos Humanos, concedido pelo Governo Federal, além de ter recebido a honraria de Cidadão Benemérito da cidade do Rio de Janeiro. Atualmente, Flávio dedica parte de seu tempo palestrando em comunidades, escolas, faculdades e empresas.




Resenha:

Diários do meio-fio é o segundo livro do autor Flávio Duncan, o livro é um complemento prático do "Pescador de idéias", esse livro é do tipo que faz você refletir sobre a vida, muitas vezes temos tudo nas nossas mãos e achamos que não temos nada, Flávio traz para o leitor, entrevistas e histórias contadas por moradores de rua, o que me emocionou bastante.

Recebi esse livro através da parceria com a Editora NovaTerra, li o livro em apenas uma tarde, o livro tem 75 páginas de histórias reais e impressionantes, e por desenvolver um trabalho fantástico, o autor já foi indicado ao prêmio Nobel da Paz.

O livro traz relatos, depoimentos, conversas e nas muitas dificuldades que o autor enfrentou na fase da coleta de dados, foi uma batalha árdua, mas o autor conseguiu realizar e concluir o seu trabalho.

Muita gente pode achar loucura, mas Flávio pôs a "mão na massa" e fez todo o seu trabalho na rua, junto com os moradores de rua, algo que muita gente não faria por conta do preconceito existente na nossa sociedade. 

Não consigo escolher apenas um depoimento que me tocou, pois todos me fizeram pensar e refletir em como anda a situação do nosso país, muitos dos moradores usavam drogas ou se prostituíam, e isso é algo bastante sério.

Diários do meio-fio, é recomendado para todas as idades, pois serve para cada um pensar em tudo o que critica na própria vida, achando que não tem nada, e esquecem que existem milhares e milhares de pessoas que dariam tudo para ter uma vida normal. O autor ainda incentiva a todos que com simples gestos podemos contribuir com mudanças favoráveis no nosso país.

Indico para todos :)



6 comentários:

  1. Gostei muito da premissa do livro, e espero que lancem mais livros desse modo. Fiquei super curiosa. E amei a resenha! Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Achei muito legal .nos lemos tanta ficçao de gente sofrendo ou doente que ler algo real de pessoas que sofrem e tem uma realidade tao diferente da nossa e muito bom pra refletir

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante a ideia do livro.
    Gosto de livros reais que fazem a gente pensar na nossa vida.
    Não conhecia, mas me interessou.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  4. Achei super interessante a temática do livro e fiquei curiosa por conhecer mais.

    ResponderExcluir
  5. Achei bem diferente a temática, e fiquei um pouco curiosa em relação ao livro, e já que tem poucas paginas talvez eu leia,parece ser bom.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Achei bem interessante o assunto, e eu leria sim, principalmente porque ele não tem tantas paginas

    ResponderExcluir